Organize as cenas da sua biografia para criar histórias bem contadas

Tempo de leitura: 2 minutos

Quem aqui já se dedicou a prestar mais atenção às cenas vividas na própria história de vida?

Tudo bem, tem gente que ainda se acha muito jovem para pensar nisso e está roteirizando o futuro, mas então vamos mudar a pergunta, quem aqui já parou para prestar mais atenção na história dos avós, pais, tios, primos ou daqueles amigos que viviam fazendo parte das suas cenas encenadas ao vivo?

Acredito que poucas pessoas darão um passo à frente para ambas as perguntas, apesar desse hábito acolher o autoconhecimento e, independentemente da idade que você tenha ou do conteúdo desta ou daquela cena, nutrir a crença na nossa capacidade de continuar em busca de novas tramas, novos personagens, novos enredos e valorizar os enredos que passaram.

Muitas vezes, o único elemento que falta para darmos mais vida às nossas passagens de vida, ou à vida dos que nos são caros, é a falta de persistência/metodologia para colocar esse tipo de atividade em prática ou de conhecimento de alguém que possa ajudar nessa tarefa.

Parafraseando Abraham Maslow que nos sugeriu “conte suas bênçãos”, eu prefiro sugerir: “escreva suas histórias de vida, organize tudo com carinho e orgulhe-se do que já viveu” e este será um dos melhores investimentos que poderá fazer pela sua vida ou pela de alguém que quer bem.

Escrever a própria história significa ter soberania sobre as cenas, os diálogos e ajuda a sincronizar os personagens. Desperta autoconfiança e amor próprio, pois passamos a enxergar e entender nossa verdadeira essência.

Desenvolve uma sensação de alegria interior, de dever cumprido, de pensar em todas as possibilidades de criar bons argumentos para as mais variadas situações. Uma forma criativa de deixar "seu" legado para os que virão.

Na verdade, uma verdadeira catarse!

História gera história. Histórias geram legados.

Legados inspiram outras pessoas a construírem suas histórias sentindo orgulho das próprias conquistas. Podemos e devemos prestigiar histórias de pessoas que admiramos, mas a pessoa mais merecedora de reconhecimento próprio e coletivo somos NÓS!

Todos nós temos uma missão divina e única aqui na Terra, portanto se conhecemos e treinamos como valorizar nossos talentos, as chances para encontrar a verdadeira missão de estarmos aqui, o fruto do nosso carvalho, serão maiores.

Quem quiser se aprofundar no assunto de como prestar mais atenção à própria história ou a de alguém muito especial, a hora é sempre agora.

Através da SMA2 Editora é possível fazer uma biografia completa, ou escrever as crônicas dos momentos mais significativos de uma vida ou se preferir, fazer um curso para aprender a se olhar com outros olhos.

Você não precisa e nem deve viver de passado, mas pode aprender a valorizar suas histórias de vida e roteirizar melhor as cenas que deseja protagonizar no futuro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.